Make your own free website on Tripod.com
Agonizando
"O que, antigamente, foi fonte de júbilo e de lamento deve agora tornar-se fonte de reconhecimento".

[Jacob Burckhardt]

Agonías sofre em Brasília-DF
agonias_feitosa@hehe.com

Evandro sofre em São Paulo-SP
vates@uol.com.br






Powered by Blogger

Quinta-feira, Julho 29, 2004

<Evandro> 

Na rua, paro no sinal, uma duas três vezes e vejo aquele peixe estilizado na traseira dos carros.

Nova era de aquário.

Se eu fosse Tomas Pynchon, veria uma conspiração. Mas, nova era da pizza combina mais com o BRzão.

Estou sem TV a cabo aqui em BH. Eu e minha mulher assistindo "Rosalinda" no SBT (estrelando Thalia!): as cenas têm mais zoom que cinema da década de 70, os atores vibram as sobrancelhas e fazem biquinho. Eu e minha mulher assistindo "TV Fama" na Rede TV: reportagens sobre fofocas de famosos; cada matéria tem três ou quatro minutos de duração, embora as imagens disponíveis para a edição não somem mais que uns 30 segundos; o resultado é uma espécie de transe hipnótico causado pela repetição exaustiva de imagens, um dejà vu de pobre. E por fim, horário "nobre": uma enxurrada de jornais em todos os canais; ouço a palavra "social" a cada dois minutos; uma mulher fala de "ação social de inclusão digital", com cara de poucos amigos (um deles deve ser o Lula, que há poucos dias arengou pela dita inclusão digital, sem se lembrar de que é contra a ALCA, a qual reduziria à metade os preços de computadores; mas, como sempre, inclusão só se for ação do governo; ninguém mais pode incluir ninguém em nada, a não ser o Estado); que mais? Ah, não me lembro. Só me lembro de que uma série de matérias me fizeram pensar que só mesmo aqui em Pindorama é que se fala mal de impostos sem questionar o poder do Estado.

Enquanto isso, famílias vendem coleções de armas ao governo, que as compra com o dinheiro do contribuinte, tudo "para acabar com a cultura da violência". Também tenho um revólver em casa. Foi do meu avô. Não dispara um tiro há mais de 40 anos. Acho que vou vender e "apurar um dinheirinho", como se diz por aí. Malandro é o brasileiro, digo, o gato, que já nasceu espertinho, digo, de bigode.
</Evandro> <!--7:24 PM-->

/archives

  08/01/2002 - 08/31/2002   09/01/2002 - 09/30/2002   10/01/2002 - 10/31/2002   11/01/2002 - 11/30/2002   12/01/2002 - 12/31/2002   01/01/2003 - 01/31/2003   02/01/2003 - 02/28/2003   03/01/2003 - 03/31/2003   04/01/2003 - 04/30/2003   05/01/2003 - 05/31/2003   06/01/2003 - 06/30/2003   07/01/2003 - 07/31/2003   09/01/2003 - 09/30/2003   10/01/2003 - 10/31/2003   11/01/2003 - 11/30/2003   12/01/2003 - 12/31/2003   01/01/2004 - 01/31/2004   02/01/2004 - 02/29/2004   03/01/2004 - 03/31/2004   04/01/2004 - 04/30/2004   06/01/2004 - 06/30/2004   07/01/2004 - 07/31/2004   08/01/2004 - 08/31/2004   09/01/2004 - 09/30/2004   10/01/2004 - 10/31/2004   12/01/2004 - 12/31/2004   02/01/2005 - 02/28/2005   03/01/2005 - 03/31/2005   05/01/2006 - 05/31/2006   11/01/2006 - 11/30/2006